O buraco negro de deus

março 6, 2011 § Deixe um comentário

O papa disse em 2009 que a camisinha era um risco pra humanidade.

camisinha do papa

O papa bento 16 não está nem aí com a prevenção de DSTs. Existem países na África onde 10 por cento da população está infectada, como a África do Sul. Na cidade de kwazulu-natal chega a 39 por cento. O Vaticano acha que a camisinha não previne o HIV. Os religiosos chamam até médicos, como Dráuzio Varella, de mentirosos.
Estudos com o látex de preservativos mostram que o índice de proteção é em torno de 90 por cento ou mais. Mesmo assim a igreja católica pega os 10 por cento de inefetividade para ajudar a justificar seu não uso.
Pergunte à igreja uma forma alternativa de prevenção e ela vai dizer que se abster e rezar é mais efetivo.
Claro, existe uma proibição da ICAR aos fiéis que é a de não usar qualquer tipo de contraceptivo. Em 2009 o papa disse que a camisinha era um risco para a humanidade. Em 2010 ele disse que podia ser usada em ‘alguns casos’.
Claro que a lógica católica não tem nada a ver com prevenção de DSTs, tem a ver com multiplicação de fiéis e com sua concepção moral própria (1).

Então, você criou tudo.
Sim.
Incluindo os buracos negros.
Sim.
Que eventualmente vão engolir tudo.
Sim.
Inclusive você.
(silêncio)
Estou trabalhando nisso.

o buraco negro de deus

Eles não sabem o que fazer com a ciência.
No ano passado o papa disse que ‘foi deus que criou o big bang’.
Claro, ele tem que ser populista de qualquer jeito. O que aparecer de grandioso na humanidade ele se apressa em dizer que foi mérito do Vaticano com seu deus.
E eles insistem em ensinar o criacionismo nas escolas.
Na Espanha a ICAR ensina nas escolas que a homossexualidade é um ‘vício’, dando a entender que é uma doença. Aliás eles usam o termo ‘homossexualismo’, com uma conotação quase infecciosa.
Eles podem dizer que o deus deles sai criando todo o universo a partir do nada, mas ficam furiosos quando físicos, como Hawking, dizem que a matéria pode ser criada do nada.
No final do ano passado e no começo deste ano, dois artigos científicos sobre o ‘big bang’ revelaram que o início do nosso universo sofreu a ação de forças externas, como buracos negros supermassivos. O físico Roger Penrose afirma, depois de quatro anos de análises de dados de satélites como o WMAP, que nosso universo ‘primitivo’ tem estruturas que foram resultados do impacto ou influência de objetos supermassivos, como marcas deixadas pela interação com esses objetos. A revista Nature ouviu uma equipe de profissionais para revisar o artigo do Penrose e eles concluíram que aquele tipo de estrutura pode ter ocorrido de forma puramente aleatória também. Essa conclusão se baseou, além da teoria, em simulações feitas por clusters de computadores, imitando as condições do universo proposto. Em várias simulações do universo em expansão aleatória as estruturas concêntricas apareciam.
No meio do mês de dezembro passado, Roger Penrose reafirma seu artigo, dizendo que a análise de seus dados é compatível com sua tese (2).
Mas uma teoria pode não descartar a outra. Dizer que padrões em círculos concêntricos surgem do aleatório não descarta que surjam a partir de fenômenos externos também.
O curioso é que, independentemente, outra equipe de físicos trabalhava em um artigo com o mesmo tema. Uma análise de influências externas sobre a expansão de nosso universo mostrando os padrões concêntricos do WMAP.
Múltiplos universos… ou… universos sendo renovados…
Fico pensando como a ICAR vai discursar sobre isso…

Ou…

bactéria encontrada em meteorito

Como será que as religiões e as igrejas vão reagir ao tema da vida encontrada fora da Terra? (3)(4) Arqueobactérias diferentes de tudo o que se viu fossilizadas em meteoritos? A ICAR vai reafirmar a cronologia da Bíblia?
E a ideia da evolução algum dia vai ser compatível com o criacionismo? As bactérias evoluem darwinianamente, estão aí as imunizações a antibióticos, não é?

After intense criticism, they subsequently designated them as “organized elements” so as to not make any judgement as to their biogenicity.

(4) – este é um trecho que diz que um artigo publicado anteriormente sofreu uma crítica tão intensa que tiveram que trocar o nome para ‘elementos organizados’, para que não julgassem sua biogênese.

(5) este é um blog de ciêcias onde há um consenso em que o artigo da bactéria ou é uma fraude ou muito mal feito.

(1) http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/inacreditavel/2010/11/24/262972-papa-liberou-camisinha-para-mulheres-e-transexuais
(2) http://www.physicsforums.com/showthread.php?p=3015978
(3) http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/cientista-afirma-ter-encontrado-sinais-de-vida-extraterrestre-em-meteorito
(4) http://journalofcosmology.com/Life100.html
(5) http://scienceblogs.com/pharyngula/2011/03/did_scientists_discover_bacter.php
Frederico Brandt

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento O buraco negro de deus no Ateularia.

Meta

%d blogueiros gostam disto: